Técnicos querem retirar o Alto de São Gonçalo do Rio Vermelho

Ubaldo Marques Porto Filho

Hoje, não se sabe com precisão o local exato em que ficava a Capela de São Gonçalo. Não sobrou nenhum resquício da estrutura, mas o igrejinha deixou uma referência geográfica – Alto de São Gonçalo – que deu origem a uma das nove regiões que formam a base do bairro e que a Paróquia de Sant’Ana do Rio Vermelho já utilizou como zoneamento para as celebrações do novenário em louvor à santa padroeira: uma região para cada noite festiva.

O acesso à Capela de São Gonçalo, que ficava na parte alta da Paciência, fazia-se pela Ladeira de São Gonçalo, também chamada de Ladeira da Paciência, atual Rua Almirante Barroso. Do templo para cima ficava o Alto de São Gonçalo, cortado por uma estrada com a Pedra da Marca na margem direita de quem subia e a Chácara Pinheiro à esquerda.

A Chácara Pinheiro, assim denominada por pertencer a Francisco Pinheiro de Souza, abrangia todo o Alto de São Gonçalo, no trecho que vai da atual Avenida Cardeal da Silva (parte alta) à Avenida Anita Garibaldi (parte baixa). Os trilhos dos bondes da linha 14 (Rio Vermelho de Cima) passavam pela parte baixa da chácara (onde ficava a casa sede, com acesso principal pela Vila Matos). Pela importância da chácara, e de seus habitantes, havia uma parada dos bondes, o chamado Ponto do Pinheiro.

Com o falecimento do proprietário, a Chácara Pinheiro, uma referência histórica no Rio Vermelho, foi comprada por Cícero Lopes Villas Boas, patriarca de um clã numeroso, formado por 14 filhos, dentre eles Osório Villas Boas, que se destacaria como político e como presidente do Esporte Clube Bahia.

Na década de 1970, com a abertura da Avenida Anita Garibaldi, passando pelo antigo percurso dos bondes, a chácara foi transformada pela família Villas Boas no loteamento Parque Primavera.

Com a delimitação de 1986, foi consolidada a Região de São Gonçalo, que os técnicos de um setor da Prefeitura, desrespeitando a história do Rio Vermelho, querem transferir para o bairro da Federação. A região está formada por 16 logradouros, assim distribuídos e nominados:

No Alto de São Gonçalo


No Parque Primavera

Publicado na Folha do Rio Vermelho,
página 4 da edição nº 12, julho 2010.