Osório Villas Boas

Ubaldo Marques Porto Filho

Osório Cardoso Villas Boas nasceu em 7 de outubro de 1914, na Chácara Pinheiro, uma  propriedade localizada  entre a Pedra da Marca (no Alto de São Gonçalo) e a Vila Matos.

Policial famoso, muito conceituado no Rio Vermelho, onde era líder dos festejos populares em louvor à padroeira Senhora Sant’Ana, em 1950 foi eleito vereador. Em 1954, assumiu a presidência do Esporte Clube Bahia e ganhou notoriedade nacional quando o time se tornou o primeiro campeão do futebol brasileiro (1959).

Com a transformação da Chácara Pinheiro no loteamento Parque Primavera, Osório construiu na Rua Barão de Triunfo, principal logradouro do Parque Primavera, a casa de número 41, onde residiu por três décadas, até o falecimento, aos 83 anos, em 7 de janeiro de 1999.

Quando o nome do bairro era citado, sempre dizia uma frase que virou uma de suas marcas: “Nasci no Rio Vermelho, fui batizado no Rio Vermelho, fiz a primeira comunhão no Rio Vermelho, casei-me no Rio Vermelho e nunca morei fora do Rio Vermelho”.

Em 1986, durante o estabelecimento dos limites do Rio Vermelho, Osório Villas Boas, que se encontrava no quinto mandato como vereador, e era o líder político do bairro, foi um dos consultores e avalista da formatação final do trabalho.

---------------------------------------------
Texto publicado na página 6 do jornal
‘Folha do Rio Vermelho’
Nº 12 - Julho 2010.