Tarquínio Gonzaga

Ubaldo Marques Porto Filho

Tarquínio de Oliveira Gonzaga nasceu em Salvador, no dia 13 de agosto de 1911. Possuia diploma pela Faculdade Livre de Direito da Bahia, turma de 1933. Constituia-se num dos grandes conhecedores da história do Rio Vermelho, dono inclusive de um importante acervo iconográfico do seu passado, com registros feitos por ele mesmo, pois tinha na fotografia o hobby predileto.

Muito conhecido e estimado no Rio Vermelho, o Doutor Tarquínio, assim chamavam-no, era uma das personalidades mais requisitadas para prestar depoimentos sobre o bairro. Sempre presente em seus acontecimentos, foi um dos fundadores da Amarv - Associação dos Moradores e Amigos do Rio Vermelho, da qual participou como conselheiro durante oito anos.

Ativo, forte e bem disposto, mantinha a rotina diária de ir à Biblioteca Juracy Magalhães Júnior, localizada no bairro que tanto amava. Frequentou-a até poucos dias do falecimento, ocorrido na capital baiana, em 11 de junho de 1999, aos 87 anos, dos quais 81 vividos como morador do Rio Vermelho.

Através da Lei Municipal nº 6.126, sancionada em 31 de maio de 2002, o logradouro nº 22.804, localizado na confluência da Rua Pedra da Sereia com Avenida Oceânica, no bairro do Rio Vermelho, recebeu a toponímia de Praça Tarquínio Gonzaga.

--------------------------------------
Texto publicado na página 4 do
‘Jornal do Rio Vermelho’
Nº 44 - Agosto 2002.